Compartilhe!

O time de Givanildo Oliveira no Oriente Médio, em 1979. Camisa tricolor com faixas verticais.

Em dezembro, o Santa lançou uma camisa azul celebrando os 40 anos da Fita Azul, a campanha invicta no exterior em 1979. O que parecia ser mais uma camisa alternativa foi o início da linha retrô voltada para o episódio. Na sequência, em janeiro, veio o padrão branco, bem semelhante ao modelo utilizado nos países árabes. Agora, em fevereiro, a última camisa. Tricolor.

Em relação à camisa usada na viagem, o design é diferente, tanto a gola quanto o escudo. Porém, a disposição das faixas faz a ponte com o passado. No caso, com as listras pretas, brancas e vermelhas na vertical – o uniforme 1 do clube, o “cobra coral”, é tricolor com faixas horizontais. Assim como os dois modelos anteriores desta linha oficial, a camisa será utilizada pelo time – inclusive, a versão já vem com os patrocínios, sendo a contrapartida de visibilidade do clube.

História
A Fita Azul foi uma honraria concedida pela Confederação Brasileira de Desportos (CBD), a precursora da CBF, devido à invencibilidade do Santa Cruz nos 12 jogos disputados no exterior. Foram 10V e 2E, com a viagem terminando na França, num 2 x 2 com o Paris Saint-Germain.

Abaixo, as três camisas da linha em homenagem aos 40 anos da Fita Azul. Qual a mais bonita?

Camisa tricolor (lançada em 28/02/2020)

Camisa branca (lançada em 16/01/2020)

Camisa azul (lançada em 27/12/2019)

Leia mais sobre o assunto
De terno azul à Fital Azul, os 40 anos da excursão invicta do Santa Cruz


Compartilhe!