Compartilhe!

A festa do primeiro gol tricolor na tarde em São Lourenço. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz.

Ganhando ritmo de jogo, o Santa Cruz venceu o Íbis por 3 x 0 tendo alguma dificuldade só no 1T. Foi a 3ª vitória seguida dos corais, arrancando com 100% no Pernambucano. Num recorte sobre as últimas dez edições, esta foi apenas a segunda vez que isso ocorreu. A anterior foi em 2020, com triunfos sobre Petrolina, Retrô e Vitória. Na ocasião, com 6 gols marcados e 1 sofrido. Em 2022, superando Caruaru City, Afogados e Íbis, o time de Leston Júnior fez 10 gols e sofreu 3.

Considerando a remontagem absoluta da equipe e a situação atual no BR, de longe a pior neste mesmo recorte, o desempenho tricolor é animador. Na Arena Pernambuco, a vitória foi construída com gols de Tarcísio (um dos artilheiros do PE, com 3 gols), Esquerdinha e Rafael Furtado, acionado no lugar de Walter – que segue sendo utilizado entre 68 e 70 minutos, com ganho técnico, mas precisando de um melhor condicionamento físico.

Com 9 pontos, Santa já começa a encaminhar o seu primeiro objetivo desta temporada, que é garantir o calendário de 2023. O objetivo na Série D, a partir de abril, é subir. Contudo, caso não alcance o “G4”, o clube precisará ter a vaga assegurada na edição seguinte. No caso, via Estadual. Em PE, valendo para os dois melhores do turno classificatório à parte de Náutico e Sport, hoje na Série B. Essa tranquilidade na tabela, desde já, é algo que não se viu em momento algum em 2021, onde não venceu três vezes nem no início nem no final.

As últimas dez arrancadas do Santa em 3 rodadas do PE (e a posição final)
2013 – 2V, 0E e 1D (campeão)
2014 – 1V, 1E e 1D (4º)
2015 – 1V, 0E e 2D (campeão)
2016 – 1V, 1E e 1D (campeão)
2017 – 1V, 2E e 0D (3º)
2018 – 0V, 2E e 1D (6º)
2019 – 2V, 1E e 0D (5º)
2020 – 3V, 0E e 0D (vice)
2021 – 1V, 2E e 0D (4º)
2022 – 3V, 0E e 0D (em andamento)

Escalação do Santa Cruz (melhores: Tarcísio e Yuri)
Jefferson; Ítalo Melo (Matheus Lira), Lucão, Alex Alves e Ítalo Silva; Gilberto, Rodrigo Yuri e Tarcísio (João Erick); Matheuzinho, Esquerdinha (João Cardoso) e Walter (Rafael Furtado). Técnico: Leston Júnior

Escalação do Íbis (melhor: Kalvenny)
Lucas Peixe; Felipe Almeida, Oséas, Wildson e Vitor Leão; Celestino, Roberto e Pablo Vinícius (Gustavo Delegado); Matheusinho (Lucas Matheus), Kelven e Rosivaldo (Kelvenny). Técnico: Carlos Alberto

Histórico geral de Santa Cruz x Íbis (todos os mandos)
102 jogos
89 vitórias do tricolor (87,2%)
10 empates (9,8%)
3 vitórias do pássaro preto (2,9%)

Leia mais sobre o assunto
As folhas dos clubes do Pernambucano 2022 somam R$ 3,63 milhões, com 9% no Santa

O ranking com os 30 clubes mais valiosos do Brasil; Santa é o 4º mais valioso do NE


Compartilhe!