Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •  

Os artilheiros da noite no Mundão. Pipico fez o 1º gol de “2021”. Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz.

Com a base da última temporada, tendo um time tecnicamente equilibrado apesar do resultado final, o Santa Cruz estreou vencendo no Campeonato Pernambucano de 2021. De uniforme novo, o tricolor fez 2 x 0 na Acadêmica Vitória, num jogo bem disputado no Arruda, no qual o visitante assustou até levar o primeiro gol – com boa presença do goleiro Jordan. Foi a primeira apresentação sob o comando do técnico João Brigatti, cujo perfil enérgico à beira do gramado foi facilmente notado durante a transmissão partida, exibida para todo o país pelo SporTV.

Cobrando bastante, tanto o acerto no passe quanto o preenchimento dos espaços, Brigatti parecia trabalhar já num ritmo de clássico. Insatisfeito com a primeira metade, fez ajustes para a retomada do jogo. Em campo, o desempenho ofensivo dos corais foi semelhante em relação às jogadas decisivas, mas com histórias bem distintas, já separadas por gerações.

O time fez um gol na reta final de cada tempo. No 1T, após jogada de Marcel, Paulinho cruzou de primeira e o centroavante Pipico fez de cabeça. No 2T, num cruzamento de Chiquinho, foi a vez do também centroavante Léo Gaúcho cabecear para as redes. Perto de completar 36 anos, iniciando a sua 4ª temporada no clube, Pipico soma 35 gols em 75 jogos. Já o grandalhão da base, trilhando o seu caminho desde a Copa Pernambuco, fez apenas o segundo jogo profissional pelo clube. Após substituir o próprio Pipico, aos 28/2T, o atacante de 20 anos, com contrato firmado até 2023, acabou fazendo seu primeiro gol como atleta profissional, algo certamente marcante em sua carreira. Na comemoração, simulou uma bazuca…

Invencibilidade no Pernambucano
A vitória obtida no Arruda ampliou a série invicta do tricolor no campeonato estadual, agora de 16 jogos, com 10V e 6E. A lista conta os últimos 3 jogos da campanha de 2019, os 12 em 2020 e 1 em 2021. O último revés no tempo normal foi em 6 de março de 2019, diante do Salgueiro.

Escalação do Santa Cruz (melhores: Paulinho, Pipico e Jordan)
Jordan; Danny Morais, William Alves e Célio Santos; Augusto Potiguar (Caetano), Paulinho, Ítalo e Marcel (Vinícius Balotelli); Didira (Felipe Simplício), Chiquinho (João Cardoso) e Pipico (Léo Gaúcho). Técnico: João Brigatti

Escalação do Vitória (melhor: Léo Fernandes; pior: Nicácio)
Preto; Léo Fernandes, Geovani, Edivan e Xaves; Rogerinho, Vitor e George (Marcelo Nicácio); Nathan (Salvaterra), Diogo Peixoto e Palominha (Juninho). Técnico: Fernando China

Histórico geral de Santa Cruz x Vitória (todos os mandos)*
64 jogos
38 vitórias corais (59,3%)
18 empates (28,1%)
8 vitórias das tabocas (12,5%)

* Considera os dados da Desportiva Vitória (1991-2007) e da Acadêmica Vitória (2008-2020). Contando só a versão atual, são 14 jogos no retrospecto, com 7V corais, 3E e 4V do taboquito.

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, Fred Figueiroa e Klisman Gama; do min 32 ao 50):

Leia mais sobre o assunto
João Brigatti, o 1º técnico da gestão de Joaquim Bezerra no Santa; foco na Série C

A tabela do Campeonato Pernambucano de 2021, com turno completo e mata-mata


Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •