Compartilhe!

Com 14 pontos, o Fortaleza assumiu a ponta do grupo A do Nordestão. Foto: Caio Falcão/Náutico.

O Fortaleza venceu o Náutico nos Aflitos com autoridade. Tanto em 2019 quanto em 2020, o tricolor cearense mostrou mais qualidade técnica e paciência para vencer o timbu com folga. Desta vez, goleou por 3 x 0. O resultado garantiu o atual campeão da Copa dos Nordeste nas quartas de final, forte em busca do bi. O curioso neste jogo, o último em PE antes da proibição de eventos com expectativa acima de 500 espectadores, devido ao Covid-19, é que o alvirrubro jogou bem no 1T.

Mesmo desfalcado na defesa, no meio-campo e no ataque, o mandante conseguiu criar boas oportunidades, exigindo boas defesas do goleiro Felipe Alves. A intensidade foi elevada, deixando no ar a dúvida sobre a capacidade física no 2T. E antes disso a missão ficou mais difícil, com o contragolpe fatal aos 32 minutos. Foram três toques, de Osvaldo para Ederson, de Ederson para David e de David para o gol, com Jefferson saindo muito mal no lance. De toda forma, a velocidade do atacante leonino lembrou o valor do investimento (R$ 5 milhões).

Sem mudanças após o intervalo, o arrumado time comandado por Rogério Ceni conseguiu conter as investidas do Náutico, que além de não atacar se defendeu mal – seria difícil ocorrer o contrário com Lombardi como titular. Novamente trocando passes, fez mais dois gols, com Yuri César, que acabara de entrar (2 jogos e 2 gols pelo clube) e Bruno Melo, ambos com assistência de Romarinho. Aos 23 e 26. A partir dali foram vinte minutos de insatisfação da torcida alvirrubra, representada por 4.415 espectadores. Uma vaia associada à dificuldade para obter a vaga no grupo B, pois o time terminará esta fase diante do Bahia, em Salvador.

Escalação do Náutico (melhor: Nem; piores: 1 Lombardi, 2 Luanderson, 3 Daltro)
Jefferson; Hereda, Lombardi, Rafael Ribeiro e Erick Daltro (Willian Simões, 24/2T); Luanderson, Jhonnatan e Jean Carlos; Erick, Salatiel (Júlio, 38/2T) e Jefferson Nem (Jorge Henrique, 20/2T). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Escalação do Fortaleza (melhores: 1 Romarinho, 2 Felipe Alves, 3 David)
Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Felipe (Derley, 30/2T), Juninho, David (Yuri César, 15/2T) e Romarinho; Ederson (Marlon, 18/2T) e Osvaldo. Técnico: Rogério Ceni

Histórico geral de Náutico x Fortaleza (todos os mandos)
43 jogos
16 vitórias alvirrubras (37,2%)
12 empates (27,9%)
15 vitórias cearenses (34,8%)

A análise do Podcast 45 Minutos (João de Andrade, Lucas Liausu e Thiago Minhoca):

Abaixo, assista aos melhores momentos da partida, num vídeo do perfil da Copa do Nordeste.


Compartilhe!