Compartilhe!

O mapa do Carioca (vermelho) e do Paulistão (azul) na tela da emissora. Imagem: reprodução.

Pela primeira vez em algumas décadas, a Globo não irá exibir nem o Campeonato Paulista nem o Campeonato Carioca em tevê aberta. Entre rescisão e desistência, o canal perdeu os direitos de transmissão, que foram adquiridos rapidamente pela Record. A emissora de Edir Macedo já havia conseguido os direitos do campeonato do Rio em 2021 (e vão até 2023). Agora, comprou os direitos do campeonato de São Paulo (de 2023 a 2025). Sendo assim, o mapa de transmissões mudou.

Embora a grade da Record siga com o modelo historicamente adotado na Rede Globo, com tardes de domingo e noites de quarta-feira, a distribuição é bem distinta. Afinal, a emissora da Família Marinho contava com algumas exceções, como o Pernambucano (só pra PE), o Mineiro (só para MG) e o Gaúcho (só para o RS), entre outros torneios pontuais nos últimos anos, como Baiano, Cearense e Alagoano. Na Record, o país foi dividido em apenas dois torneios, ampliando o alcance do Carioca e do Paulistão – mas sem ampliar, de fato, a audiência média do futebol, pois a Globo costuma ter um índice superior ao dobro da Record (20 x 10).

Ao todo, 21 estados vão assistir ao Campeonato Carioca, com o Nordeste em peso, após decisão das afiliadas – na Globo não era algo 100%. Já o Paulistão ficou com seis estados, incluindo a Região Sul. Na zona vermelha presente na arte da reportagem exibida no Domingo Espetacular, a influência do Flamengo se mostrou absoluta, determinante – o Fla detém 20,2% da torcida no país. De toda forma, esses jogos, ao longo de três meses, devem concorrer pouco com os principais torneios do NE (Nordestão, PE, BA e CE), que terão mais transmissões aos sábados e terças. Nessas capitais, a falta de confronto direto beneficia a Record, diga-se.

Segundo o site Notícias da TV, com texto de Gabriel Vaquer, a Record investiu R$ 65 milhões pelas duas competições nesta temporada, sendo R$ 15 mi no Rio e cerca R$ 50 mi em SP, o principal mercado publicitário do país e também o foco de audiência do canal.

Equipes de transmissão
No Paulistão, os jogos terão narração de Marco de Vargas e comentários de Muller. Já no Carioca, narração de Lucas Pereira e comentários de Athirson. Ambos os narradores passaram no SporTV.

Leia mais sobre o assunto
Análise: Globo x SBT nos sábados do Recife, com Pernambucano x Nordestão. Quem leva?


Compartilhe!