Compartilhe!
  •  
  • 8
  •  
  •  

O jogo entre Náutico e Paysandu teve 16 mil torcedores. Foto: Georgia Kyrillos/cortesia.

Faltando quatro dias para a ida da final da Série C do Brasileiro de 2019, agendada para 29 de setembro, a direção do Sampaio Corrêa entrou com um pedido no STJD para tirar o jogo do Eládio de Barros Carvalho.

O clube de São Luís alega “falta de segurança”, justificada pela invasão após Náutico x Paysandu, nas quartas de final. Na ocasião, a torcida timbu entrou no campo para festejar o acesso à Série B. Será que esta medida de última hora terá efeito prático ou foi apenas pressão? Fiz um vídeo comentando essa ação do clube maranhense, com 4 minutos… Play!

Eis a integra da mensagem compartilhada pela Bolívia Querida sobre ação
“Nesta quarta feira, o departamento jurídico do Sampaio Corrêa, juntamente com a FMF/MA (federação maranhense), entrou com um pedido de interdição do Estádio dos Aflitos, devido a invasão no jogo contra o Paysandu. ‘A segurança de todos em primeiro lugar’, afirmou Perez Paz, diretor jurídico da Bolívia.”

Leia mais sobre o assunto
Sampaio e Náutico decidem a Série C e garantem o 16º título nacional do Nordeste


Compartilhe!
  •  
  • 8
  •  
  •