Compartilhe!

Santa Cruz 3 x 0 Caruaru City em 2022

Com o calor do povão, os tricolores marcaram três vezes no segundo tempo. Foto: FPF/divulgação.

Com o apoio da torcida e exercendo o favoritismo nas quartas, o Santa Cruz voltou a vencer o Caruaru City e avançou para a semifinal do Campeonato Pernambucano de 2022. Considerando os 13 anos com o formato de semifinal e final, esta é a 11ª vez (e a 3ª seguida) que o tricolor alcança o G4, se mantendo na disputa por um título que já não vem há seis edições.

Entretanto, o mais importante, hoje, foi o reencontro em casa. Após dois anos de portões fechados na arquibancada, no maior hiato entre os estádios da capital, enfim o Arruda voltou a receber o seu público, ainda que reduzido. Com limitação de 3,6 mil ingressos, ou 5,9% da capacidade, a torcida do Santa esgotou a carga, se concentrou no anel inferior e festejou a classificação.

Diante do caçula do Agreste, que já havia sido adversário na estreia da competição, os corais tiveram um bom volume ofensivo no 1T, com 8 x 4 em finalizações. Contudo, os desperdícios resultaram em algumas vaias, numa pressão inerente à volta da torcida, diga-se. No 2T, o time conseguiu definir, fazendo 3 x 0, com um gol de Rafael Furtado (Walter não deixou saudade) e dois de Esquerdinha, numa roubada de bola e numa cabeçada (importantes pra confiança).

Sem torcida do Santa no clássico

Com a goleada sobre o City, está confirmado o segundo Clássico das Emoções no ano. Há menos de uma semana os rivais empataram no Mundão, num resultado que classificou o Náutico diretamente para semifinal. E por este motivo, agora, o alvirrubro será o mandante do confronto eliminatório, e com direito ao apoio integral na arquibancada, pois hoje as torcidas visitantes estão vetadas nos clássicos do Recife, num ato publicado pela FPF neste ano. Ah, é o 3º ano seguido com este clássico na semi. Em 2020 deu Santa Cruz e em 2021 deu Náutico.

Pela taça e pelas vagas nas copas de 2023

Além da vaga à final do Estadual, o clássico nos Aflitos – ainda sem data – terá outro ponto bem importante para o Santa. Figurando na modestíssima 46ª colocação no Ranking da CBF, dificilmente o tricolor será agraciado com uma vaga extra na próxima Copa do Brasil. Portanto, para não ficar ausente mais uma vez, precisa chegar à decisão do Pernambucano. Atualmente, a FPF tem três vagas, com duas para os finalistas do Estadual e outra para o melhor time da 1ª fase – que no caso foi o Retrô. Já em relação à Copa do Nordeste de 2023, visando a presença já na fase de grupos, só o título estadual interessa ao clube. Até lá, faltam três jogos.

Escalação do Santa Cruz (melhores: Esquerdinha, Mandai e Furtado)
Kléver; Marcos Martins, Guedes, Alex Alves e Dudu Mandai; Gilberto (João Cardoso), Elyeser e Tarcísio (Esquerdinha); Mateus Anderson (Ítalo Silva), Matheuzinho (Arian) e Rafael Furtado (João Henrique). Técnico: Leston Júnior

Escalação do Caruaru City (melhor: Igor Leonardo)
Igor Leonardo; Léo Cotia, Heverton Luís (Geyson), Pedrão e Tiago Costa; Gustavo Henrique, Maicon Ferreira (Henrique) e Candinho; Grafite (Túlio), Berg (Maylson) e David (Lucas Santos). Técnico: Thyago Marcolino

Os dois duelos na história, ambos pelo Estadual (2V do tricolor)
1º) 29/01/2022 – Caruaru City 1 x 2 Santa Cruz (Antônio Inácio)
2º) 19/03/2022 – Santa Cruz 3 x 0 Caruaru City (Arruda)

Histórico do Santa Cruz na era do mata-mata no PE
2010 – Semifinal (3º lugar)
2011 – Final (campeão)
2012 – Final (campeão)
2013 – Final (campeão)
2014 – Semifinal (4º lugar)
2015 – Final (campeão)
2016 – Final (campeão)
2017 – Semifinal (3º lugar)
2018 – Quartas (6º lugar)
2019 – Quartas (5º lugar)
2020 – Final (vice)
2021 – Semifinal (4º lugar)
2022 – Semifinal (a disputar, vs Náutico)
Desempenho: 13 classificações e 7 eliminações (65% em 20 duelos)

Leia mais sobre o assunto
As folhas dos clubes do Pernambucano 2022 somam R$ 3,63 milhões, com 9% no Santa

Maior cacique do Santa, Antônio Luiz Neto volta à presidência com aclamação surpresa

Abaixo, assista aos três gols do jogo, num vídeo publicado pelo perfil da FPF.


Compartilhe!