Compartilhe!
  •  
  • 53
  •  
  •  

O torcedor de 48 anos costuma andar de Pombos ao Recife para ver o leão. Imagem: Sport/Twitter.

O anúncio veio de longe, de Zurique, mas não tão distante quantos os 64 quilômetros percorridos a pé, de casa até a segunda casa. A rotina de Marivaldo Francisco da Silva, que há anos vai caminhando do município de Pombos, de apenas 28 mil habitantes, até o estádio do Sport, virou reportagem, contada por Elton de Castro em setembro de 2019 no Globo Esporte, se popularizou a partir da indicação da Fifa e agora está eternizada com a premiação do “Fifa Fan Award” de 2020.

O prêmio anual da entidade reservado aos torcedores celebra atos distintos de amor, seja uma presença massiva e marcante ou a obstinação que atravessa o longo acostamento da BR-232, entre subidas e descidas rumo ao horizonte só para assistir a um jogo de futebol.

Quando sua história foi contada, Marivaldo disse que levava apenas uma capa de chuva, a camisa do Sport e uma escova de dentes. Que não era um ato de loucura sair cedinho de casa e chegar na Ilha do Retiro só à noite. Diz se sentir bem com isso. E isso está atrelado à ligação irrestrita ao clube, que muitos (fora do futebol) não conseguem compreender. Como tinha Zé do Rádio, em ser conhecido como chato por colocar um potente rádio de pilha atrás do banco rival, como tem Dona Maria, sinônimo vivo do Sport, que transcende de títulos ou derrotas.

Tal representatividade, e dedicação, foi vista também em Zequinha no Náutico, em Bacalhau no Santa Cruz, entre outros espalhados no Bahia, no Vitória, no Ceará, no Fortaleza… Em qualquer clube de massa, em qualquer clube que faça parte da vida da pessoa. No sentido lúdico, mas ao mesmo tempo sendo uma extensão do seu bem estar. Ou você não fica ansioso horas antes da transmissão deu uma partida? Numa situação normal (que voltaremos em breve, tomara), costumava chegar cedo ao estádio para encontrar amigos? Pois é. E ainda tem quem prorrogue o jogo numa conversa de bar, tudo para não acabar o “dia do futebol”.

E assim cada um constrói o seu jeito particular, e ordeiro, de acompanhar o clube, até mesmo num simples voto online de apoio a um semelhante. O jeito de Marivaldo, este bem particular de fato, é viver o Sport com o sol já raiando, caminhando por horas até a Ilha e desejando o melhor dentro do campo. Era uma história espremida entre os milhares na arquibancada. Agora, com o justo apoio de tantos, tornou-se uma história premiada e conhecida por milhões.

Parabéns, Marivaldo!

Os vencedores do “Fifa Fan Award”
2016 – Torcidas de Borussia Dortmund (ALE) e Liverpool (ING)
2017 – Torcida do Celtic (ESC)
2018 – Torcedores peruanos
2019 – Silvia Grecco, torcedora do Palmeiras (BRA)
2020 – Marivaldo Francisco, torcedor do Sport (BRA)

Leia mais sobre o assunto
O texto da Fifa sobre Marivaldo, o torcedor do Sport no “Fan Award 2020”

Lewandowski, o melhor jogador do mundo em 2020. O 1º polonês na história

Abaixo, o vídeo de Marivaldo chegando na Ilha do Retiro para o anúncio…

E a reação dele ao ouvir o comunicado oficial da Fifa…


Compartilhe!
  •  
  • 53
  •  
  •