Compartilhe!

Num estádio vazio, a Canarinha estreou na luta por uma vaga em 2022. Crédito: Globo/reprodução.

O 1º jogo da Seleção Brasileira em 2020 ocorreu somente em 9 de outubro, devido à pandemia e toda a reorganização do futebol. Ainda assim, a goleada sobre a Bolívia por 5 x 0, na abertura das Eliminatórias da Copa, ocorreu de portões fechados na arena do Corinthians. Por uma questão de prevenção à Covid-19, não por falta de interesse. Na tevê, a partida exibida na Rede Globo teve 25,2 pontos de audiência, sendo uma das maiores audiências do futebol neste ano no canal.

Os dados foram divulgados pela Kantar Ibope Media, considerando as 15 maiores regiões metropolitanas – incluindo três cidades no NE. Considerando a audiência semanal da Globo, o jogo ficou em 4º lugar, abaixo da novela das 7 (29,8), do Jornal Nacional (28,1) e da novela das 9 (27,2). O 2º jogo veio logo depois, em 13 de outubro (o qualificatório conta sempre com rodadas duplas). O Brasil enfrentou o Peru em Lima e venceu por 4 x 2, com três gols de Neymar. Porém, a partida ocorreu quase num “apagão” de transmissão para o país.

Já vigorando a “lei do mandante” na questão (mas neste caso por determinação da Fifa, não do governo federal), a federação peruana não conseguiu negociar, pelo valores pedidos, a transmissão para canais privados do Brasil, considerando tevê aberta e tevê por assinatura. Faltando 1 hora para começar, a CBF informou que adquiriu os direitos – sem informar os valores – e repassou para a TV Brasil, como parte do acordo, com exibição numa estatal.

A CBF também passou em seu site oficial, com 110 mil pessoas simultâneas – um fiasco, considerando que a final do Carioca de 2020, no Youtube, teve 3,5 milhões de acessos simultâneos. Na TV propriamente dita, o jogo do Brasil teve média de 3 pontos nas principais cidades, segundo o site Bastidores da TV. A exceção foi em Brasília, com pico de 10 pontos no fim. Semanalmente, o Ibope divulga os dados das cinco emissoras de maior audiência (Band, Globo, Record, Rede TV! e SBT). Sem a TV Brasil, historicamente com “traço”, o jargão para até 1 ponto. Assim, não foi possível conferir o ranking de 15 cidades, como na estreia.

Seleção fora da Globo, uma raridade
Nos últimos 20 anos, apenas 4 jogos da Seleção não passaram na Globo. Curiosamente, os últimos três pelo mesmo motivo, após o fim de contrato da CBF com a emissora, e também com a mesma consequência, com a exibição na TV Brasil. Neste contexto, antes de Peru 2 x 4 Brasil, em 2020, tivemos dois jogos em 2017, numa excursão a Melbourne, com Argentina 1 x 0 Brasil, em 09/06, e Austrália 0 x 4 Brasil, em 13/06. Na ocasião, a audiência em São Paulo não chegou a 2 pontos. Desta vez, bateu em 3,6. Ah, a exceção da Canarinha foi em 06/09/2005, num empate em 1 x 1 com o Sevilla, celebrando o centenário do clube espanhol. O jogo passou na TV Cultura, mas não por falta de contrato com a Família Marinha, e sim por escolha – o grupo exibiu a partida no SporTV.

Audiência média em pontos de Brasil 5 x 0 Bolívia na Globo, em 09/10
1º) 33,0 – Belém
2º) 30,6 – Manaus
3º) 27,9 – Rio de Janeiro
4º) 27,7 – Fortaleza
5º) 27,0 – São Paulo
6º) 24,5 – Recife
7º) 24,0 – Salvador
8º) 23,6 – Curitiba
9º) 23,5 – Porto Alegre
10º) 23,2 – Brasília
11º) 21,2 – Goiânia
12º) 21,1 – Campinas
13º) 20,3 – Florianópolis
14º) 18,6 – Vitória
15º) 17,6 – Belo Horizonte

Audiência média em telespectadores de Brasil 5 x 0 Bolívia a Globo, em 09/10
1º) 2,521 milhões – São Paulo
2º) 1,748 milhão – Rio de Janeiro
3º) 528 mil – Porto Alegre
4º) 466 mil – Salvador
5º) 443 mil – Fortaleza
6º) 418 mil – Belo Horizonte
7º) 403 mil – Recife
8º) 345 mil – Curitiba
9º) 293 mil – Belém
10º) 276 mil – Brasília
11º) 260 mil – Goiânia
12º) 251 mil – Manaus
13º) 208 mil – Campinas
14º) 137 mil – Vitória
15º) 118 mil – Florianópolis

Leia mais sobre o assunto
1ª rodada: Brasil goleia Bolívia nas Eliminatórias da Copa. Inicialmente, seria na Arena PE

2ª rodada: Brasil vence o Peru com hat-trick de Neymar, agora a 13 gols da marca de Pelé


Compartilhe!