Compartilhe!

No Estadual, Itamar Schulle somou todos os pontos possíveis. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz.

Na véspera do 106º aniversário, o Santa Cruz venceu a Acadêmica Vitória pelo placar mínimo e encerrou a 3ª rodada do Campeonato Pernambucano na liderança.

Agora como o único time com 100% de aproveitamento. Se no torneio regional o início não foi bom, com 1 ponto em 6, no âmbito estadual o time coral vai avançando para buscar uma das duas vagas diretas na semifinal – o que, consequentemente, garantiria o mando de campo no mata-mata. Esta rodada, desmembrada entre terça-feira e domingo, foi a primeira em que os três grandes a capital conseguiram vencer.

A seguir, um resumo dos 5 jogos e os destaques, além da agenda e da classificação após 3 rodadas. Ao todo, em 15 jogos no Estadual, já foram marcados 35 gols, com média de 2,33.

Sport 1 x 0 Central – Atuando com um time misto, o Sport conseguiu a 1ª vitória no Estadual. O jogo marcou o 1º gol de Ewandro no leão e a volta do Brocador, recuperado de uma lesão na face.

Náutico 4 x 0 Decisão – Dal Pozzo escalou força máxima e o time goleou sem dificuldades, com setor ofensivo funcionando. Sobretudo Kieza, com os seus dois primeiros gols nesta volta.

Afogados 2 x 2 Retrô – Todos os gols saíram no segundo tempo, com o visitante ficando duas vezes em vantagem. E olhe que o Retrô ainda desperdiçou um pênalti. O empate saiu aos 51/2T.

Salgueiro 2 x 0 Petrolina – O carcará chegou à vitória na reta final da partida, com gols aos 32, com Anicete, e 41 do segundo tempo, este com Muller Fernandes cobrando uma penalidade.

Santa Cruz 1 x 0 Vitória – Diante de 6.429 pessoas, o tricolor jogou pela primeira vez com uma formação mista, guardando energia para a estreia na Copa do Brasil no MT, na quarta-feira.

Destaque positivo – Kieza. Ao todo, considerando as três passagens no Náutico, o atacante soma 45 gols em 73 partidas, 2 deles nesta rodada. É o maior goleador alvirrubro nesta década.

Destaque negativo – Petrolina. Mesmo ressalvando o fato de ser 2ª menor folha, de R$ 80 mil, a largada zerada assusta pela ineficácia do ataque, que ainda não balançou as redes (270 minutos).

Próxima rodada (com as transmissões na tevê)
05/02 (20h30) – Vitória x Náutico (Arena PE), Premiere
06/02 (20h00) – Afogados x Petrolina (Vianão)
08/02 (19h00) – Retrô x Salgueiro (Arena PE)
09/02 (16h00) – Decisão x Sport (Lacerdão), Globo e Premiere
16/02 (16h00) – Central x Santa Cruz (Lacerdão), Globo

Classificação
1º) 9 pontos (3V) – Santa Cruz (+5 SG; 6 GP)
2º) 7 pontos (2V) – Afogados (+5 SG; 8 GP)
3º) 7 pontos (2V) – Náutico (+5 SG; 6 GP)
4º) 5 pontos (1V) – Sport (+1 SG; 3 GP)
5º) 4 pontos (1V) – Retrô (+1 SG; 5 GP)
6º) 4 pontos (1V) – Salgueiro (+1 SG; 4 GP)
7º) 3 pontos (1V) – Decisão (-7 SG; 1 GP)
8º) 1 ponto (0V) – Vitória (-2 SG; 1 GP)
9º) 1 ponto (0V) – Central (-3 SG; 1 GP)
10º) 0 ponto (0V) – Petrolina (-6 SG; 0 GP)

Se o campeonato acabasse hoje, naquele velho exercício de futurologia, o mata-mata teria Náutico x Salgueiro e Sport x Retrô nas quartas, com Santa Cruz e Afogados já na semifinal.

Artilheiros
3 gols – Diego Ceará (Afogados); Pipico (Santa)
2 gols – Kieza (Náutico); Muller Fernandes (Salgueiro)
1 gol – Aurélio, Douglas Bomba, Candinho, Edivan e Phillip (Afogados); Leandro Costa (Central); Éverton (Decisão); Erick, Jean Carlos e Matheus Carvalho (Náutico); Anderson, Héricles, Jaildo, Janderson e Willian Lira (Retrô); Richard e Willian Anicete (Salgueiro); Patrick, Danny Morais e Mayco Félix (Santa); Ewandro e Juninho (Sport); Erverson (Vitória)

Análise detalhada dos jogos
Time misto do Sport vence a 1ª no Estadual. Jogo fraco contra o Central

Náutico goleia o Decisão com 2 de Kieza. Liderança provisória no Estadual

Sem acelerar, Santa vence o Vitória e torna-se líder isolado no Estadual


Compartilhe!