Compartilhe!

A revisão do calendário manteve os regulamentos originais das principais competições do país.

A pandemia paralisou o futebol nacional por quase quatro meses. O “quase” se deve à exceção no Rio de Janeiro, com a volta precoce do Campeonato Carioca. A Série A, originalmente prevista para começar em 3 de maio, agora começará no dia 9 de agosto.

Já em relação ao encerramento, passou de 6 de dezembro para 24 de fevereiro de 2021. Isso mesmo, já depois do próximo carnaval, programado entre os dias 13 e 16 – a conferir a situação do país até lá. Por sinal, teremos jogos (da Copa do Brasil) até na véspera do Natal e do Réveillon. Na minha visão, a ampliação geral ao ano seguinte era esperada, sendo a única forma possível para manter os formatos originais das competições. Sobretudo com as 38 rodadas do Brasileirão.

A última edição a ser finalizada somente no ano seguinte foi a de 2000, com Vasco e São Caetano decidindo o título em 18 de janeiro de 2001 – e era de fato mais comum no passado, com o cenário ocorrendo em 1986, 1987 e 1988. O novo calendário do futebol brasileiro, definido pela direção de competições da CBF, traz as datas básicas do Campeonato Brasileiro (Séries A, B, C e D), da Copa do Brasil, do Nordestão (cujo retorno já havia sido confirmado) e das Eliminatórias da Copa do Mundo, com o jogo de estreia, Brasil x Bolívia, saindo da Arena Pernambuco – como será sem público, ocorrerá no Maracanã por uma questão de logística.

Vale destacar que as tabelas básicas das três principais divisões, previamente divulgadas, estão mantidas. Ou seja, com a mesma ordem dos jogos (relembro nos links abaixo). Nos próximos dias a direção deve apresentar as versões detalhadas, com datas, horários e locais. Uma das justificativas para a manutenção, segundo o próprio presidente da entidade, Rogério Caboclo, “é garantir o cumprimento dos compromissos assumidos pelos clubes com os detentores de direitos televisivos, patrocinadores e apoiadores”. E os Estaduais? Nada. Nenhuma linha. A tendência, exceção feita ao Carioca, já na finalíssima, é que os torneios locais ocorram de forma paralela aos regionais e nacionais. Haja time alternativo em campo…

Confira o documento completo da CBF com o novo calendário clicando aqui.

Período dos torneios envolvendo times brasileiros em 2020

Série A – 09/08/2020 a 24/02/2021 (38 jogos)
O primeiro turno será disputado em 85 dias, até 1º de novembro. Já o returno terá 109 dias. Rebaixamento mantido, assim como o sistema de acesso/descenso nas demais séries.

Série B – 08/08/2020 a 30/01/2021 (38 jogos)
O primeiro turno será disputado em 85 dias, até 31 de outubro. O returno também terá 85 dias.

Série C – 09/08/2020 a 31/01/2021 (de 18 a 26 jogos)
A primeira fase, com 18 rodadas, será realizada em 112 dias. O quadrangular semifinal, novidade nesta edição, terá 6 rodadas em 35 dias.

Série D – 06/09/2020 a 07/02/2021 (de 2 a 26 jogos)
A 4ª divisão nacional terá um novo regulamento, agora com oito fases. A fase de grupos, que passou de 6 para 14 rodadas, será realizada em 68 dias. Depois, mata-mata.

Copa do Brasil – 26/08/2020 a 10/02/2021 (das 14 datas, faltam 11)
O torneio será retomado a partir dos jogos de volta da 3ª fase. Pelo calendário, as partidas continuarão separadas por pelo menos uma semana. Porém, não há mais datas vagas.

Copa do Nordeste – 21/07/2020 a 04/08/2020 (das 12 datas, faltam 5)
O torneio será retomado na última rodada da fase classificatória. Mesmo em sede única, na cidade de Salvador, a decisão continuará em dois jogos.

Eliminatórias – 6 jogos (dias 3 e 8 de setembro, 8 e 13 de outubro e 12 e 17 de novembro)

Considerando as tabelas originais, eis as estreias dos 16 nordestinos nas três principais divisões:

A – Botafogo x Bahia, Sport x Ceará e Fortaleza x Athletico-PR
B – Avaí x Náutico, CSA x Guarani, Juventude x CRB, Vitória x Sampaio Corrêa e Confiança x Paraná
C – Paysandu x Santa Cruz, Treze x Imperatriz, Ferroviário x Botafogo-PB e Jacuipense x Remo

Coronavírus no Brasil
O futebol volta de forma oficial com o país “normalizando” um quadro gravíssimo sobre a pandemia. É um dos piores quadros do mundo. De acordo com os dados das secretarias estaduais de saúde e do Ministério da Saúde, mais de 1,7 milhão de brasileiros já foram contaminados pelo Covid-19, com 68 mil mortes confirmadas. Considerando a atualização em 8 de julho, foram 41 mil novos infectados e 1.187 óbitos. É neste cenário que o futebol será retomado, de portões fechados.

Leia mais sobre o assunto
A tabela da Série A de 2020, com Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport pelo Nordeste

A tabela da Série B de 2020, com 6 clubes representando o Nordeste

A tabela da Série C de 2020, com 6 clubes representando o Nordeste


Compartilhe!